quarta-feira, 8 de julho de 2015

Inflação vai a 0,79% em junho e acumula 8,89% em 12 meses

Mulher caminha em supermercado no Rio de Janeiro

São Paulo - A inflação no Brasil, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), foi de 0,79% em junho, divulgou hoje o IBGE.
A taxa acelerou em relação a maio, quando foi de 0,74%, e é quase o dobro de junho do ano passado (0,40%).
O acumulado nos últimos 12 meses chegou a 8,89%, muito acima da meta do governo (que é de 4,5% com tolerância de dois pontos para cima ou para baixo). 

A taxa do primeiro semestre ficou em 6,17%, a mais alta para o período desde 2003, quando foi de 9,30%.
Grupos
A alta foi puxada por uma aceleração das Despesas Pessoais, que foi de 0,74% em maio para 1,63% em junho. Este grupo sofreu a influência de um reajuste de 30% nos jogos de azar, que sozinhos tiveram um impacto de 0,12 ponto percentual no índice final.
Transportes foi de uma queda de -0,29% em maio para uma alta de 0,70% em junho devido a um aumento das passagens aéreas, que subiram 29% no mês e tiveram impacto de 0,10 ponto percentual no IPCA final.
Em relação ao mês anterior, dois grupos importantes desaceleraram: Alimentação e Bebidas (de 1,37% para 0,63%) e Habitação (de 1,22% para 0,86%).
GrupoVariação (%) MaioVariação (%) Junho
Índice Geral0,74%0,79%
Alimentação e Bebidas1,37%0,63%
Habitação1,22%0,86%
Artigos de Residência0,36%0,72%
Vestuário0,61%0,58%
Transportes-0,29%0,70%
Saúde e cuidados pessoais1,10%0,91%
Despesas pessoais0,74%1,63%
Educação0,06%0,20%
Comunicação0,17%0,34%
http://exame.abril.com.br/economia/noticias/inflacao-vai-a-0-79-em-junho-e-acumula-8-89-em-12-meses

Nenhum comentário:

Postar um comentário