quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Gotas Salvadoras: #SaúdeMG SRS-BH faz ação da campanha Saúde do Homem no Palácio das Artes


Gotas Salvadoras: #SaúdeMG SRS-BH faz ação da campanha Saúde do Homem no Palácio das Artes

Link permanente da imagem incorporada

Na noite de estreia da ópera Lucia de Lammermmor, de Gaetano Donizetti, no Palácio das Artes, arte e saúde saudaram-se mais uma vez. O foyer do Grande Teatro foi iluminado de azul e o público recebeu laços azuis na entrada, fruto da parceria entre a Secretaria de Estadode Saúde de Minas Gerais (SES-MG), por meio daSuperintendência Regional de Saúde (SRS) de Belo Horizonte, e a Fundação Clóvis Salgado. A mobilização é parte da Campanha de Promoção à Saúde do Homem, que convoca os homens a terem atitude e procurarem os serviços de saúde.
“Estamos muito satisfeitos em realizar essa parceria entre Saúde e Cultura e em contribuir para a divulgação da campanha Saúde do Homem. No nosso entendimento, a veiculação de uma campanha desse porte utilizando a cultura potencializa a sensibilização da população sobre a importância dos cuidados preventivos”, afirmou o presidente da Fundação Clóvis Salgado, Augusto Nunes Filho.
O tenor aposentado do Palácio das Artes, João de Freitas, de 76 anos, destaca a relevância da ação. “Acho oportuna a ação. Tudo o que se faz é necessário para orientar os homens e, principalmente motivá-los para a preservação da saúde”.

LUCIA DI LAMMERMOOR

Encenada pela primeira vez em 26 de setembro de 1835, inaugura um formato operístico diferenciado para sua época, apresentando inovações tanto na música quanto no libreto, de Salvadore Cammarano. O enredo é baseado no título The Bride of Lammermoor, de Walter Scott.
http://www.saude.mg.gov.br/component/gmg/story/7686-srs-bh-campanha-saude-do-homem-palacio-das-artes
Por Leandro Heringer

Leia Mais ››

sábado, 7 de novembro de 2015

Recuperação ambiental na região de Bento Rodrigues vai demorar de 10 a 15 anos


Há quem defenda revisão dos modelos de exploração de minério


Gladyston Rodrigues/EM/D.A PRESS

Com a ruptura da barragem, a comunidade de Bento Rodrigues, vegetação, margem e leito de rios foram tomados pela lama: inicialmente, foi descartado risco de material ser tóxico (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A PRESS )
Se a tragédia que devastou o subdistrito de Bento Rodrigues vai demorar a ser superada pelos moradores, a natureza também vai cobrar o seu tempo pela recuperação. Especialistas estimam que vá demorar pelo menos uma década para que a vegetação se restabeleça na região engolida pela lama, possibilitando o desenvolvimento de um novo ecossistema. A revitalização total, porém, é difícil de determinar, já que foram atingidas margem e leito dos rios e a própria comunidade.
“O que aconteceu foi uma degradação total pelo rompimento da estrutura vegetativa. Daqui um tempo, o solo vai aproveitar este material que veio com a lama: ferro, sílica, fósforo, manganês, alimentos naturais das plantas. As experiências que temos mostram que, depois de 10, 15 anos, a recuperação da vegetação é quase plena”, explicou o gerente de meio ambiente da Fiemg, Wagner Soares Costa. “O que pode acontecer é que algumas espécies tenham sensibilidade maior, sendo extintas naquela região.”

Segundo Wagner, a partir desta revegetação, animais como roedores retornam, reequilibrando a cadeia alimentar. “Neste momento, pelas imagens, ficamos assustados, mas depois tudo se adequada. Vamos ter uma várzea, que é rica organicamente e, em três, quatro anos, se tudo ocorrer bem, alguma evolução”, detalha.

Para o geólogo Allaoua Saadi, do Departamento de Geografia do Instituto de Geociências da UFMG, o tempo de regeneração é difícil de determinar. “São muitos fatores envolvidos. Temos a questão da natureza e da sociedade, que caminham juntas. Leitos e margens dos rios foram afetados e cada um vai ter uma reação diferente. A gente só vai saber quando tiver acesso à área”, afirmou. “Do ponto de vista social, a questão também é complexa: essas pessoas vão querer continuar vivendo lá? Fechar a mina é impensável, pois sabemos o impacto econômico”, completou.

Há avaliações bastante negativas, como a da coordenadora do Grupo de Estudos em Temáticas Ambientais (Gesta) da UFMG, Andréa Zhouri. “Em geral, são trabalhadores que viviam ali que terão de ser realocados, porque será inviável voltar a morar na área devastada. São mais de 10 quilômetros de lama, não tem recuperação”, alertou. “A região está saturada da mineração e não é mais prudente licenciar obras. É um modelo colonial, ultrapassado, que precisamos discutir e rever.”
Corpo de Bombeiros/divulgação
Materiais tóxicos
Especialistas afastaram, em princípio, a hipótese de haver materiais tóxicos. “Esse tipo de mineração só faz lavagem do minério. Em primeira avaliação, o poluente não é muito grave. Tem que se fazer análise, pois se tiver algum material tóxico, como arsênio, zinco, por exemplo, precisará ser investigado e cobradas explicações”, afirma Saadi.

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2015/11/07/interna_gerais,705421/recuperacao-ambiental-na-regiao-de-bento-rodrigues-vai-demorar-de-10-a-15-anos.shtml

Leia Mais ››

Tsunami de lama avança mais de 100 quilômetros e pode chegar ao Espírito Santo


Após arrasar Bento Rodrigues, deixando pelo menos 13 desaparecidos, mancha de resíduos inunda distritos e cidades e já corre pelo Rio Doce. Barragens operam para amortecer danos



Corpo de Bombeiros/divulgação
O vagalhão de água, lama e rejeitos liberado pela maior tragédia da mineração na história de Minas Gerais atingiu ontem a Bacia do Rio Doce, varrendo pelo caminho povoados, cidades e cursos d’água e acrescentando uma nova dúvida às dezenas de perguntas ainda sem respostas em torno do desastre: até onde chegarão os danos ambientais causados pelo rompimento de barragens da mineradora Samarco? Após arrasar o povoado de Bento Rodrigues, a mancha atingiu os cinco distritos de Mariana pelo caminho e fez o Rio Gualaxo do Norte subir repentinamente cinco metros, inundando a cidade vizinha de Barra Longa. Agora, avança por um dos maiores rios de Minas – já castigado pela crise hídrica e pela poluição – e ameaça afetar municípios até no Espírito Santo, onde o manancial deságua no Atlântico. O alerta foi emitido pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), que mantém monitoramento de hora em hora da bacia. Segundo o órgão, a onda se desloca pela calha do Rio Doce, onde atingiu a Usina Risoleta Neves (Candonga), a 111 quilômetros de Mariana, logo na manhã de ontem. A previsão é de que Governador Valadares, a maior cidade mineira no curso do acidente, sinta os efeitos na madrugada de amanhã.
Segundo a Agência Nacional de Águas, o Operador Nacional do Sistema Elétrico está coordenando manobras em regime especial em barragens ao longo da bacia, para amortecer o volume da onda. Pelo menos 15 cidades são alertadas sobre efeitos do tsunami que liberou de uma vez volume de rejeitos equivalente ao rompimento simultâneo de nove represas do porte da Pampulha, em BH. No caminho, além de Valadares estão Ponte Nova, Nova Era, Antônio Dias, Coronel Fabriciano, Timóteo, Ipatinga, Tumiritinga, Resplendor, Galileia, Conselheiro Pena e Aimorés, em Minas. Baixo Guandu, Colatina e Linhares, no Espírito Santo, já foram alertados para o risco de enchentes.


Após receber o alerta da CPRM, a Câmara Técnica de Gestão de Eventos Críticos (CTGEC) do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Doce divulgou alerta para alteração abrupta do nível d’água, razão pela qual recomenda aos usuários que protejam suas instalações de captação durante a passagem da cheia. Não há razões para alarme sobre inundações nos municípios.


Jair Amaral/EM/D. A Press


BUSCAS E DESESPERO
Em Mariana, quem já havia enfrentado a fúria da lama se dividia entre a insegurança, a perplexidade e o desespero. A situação é pior para parentes de desaparecidos. Ontem, os números continuavam conflitantes. A Samarco estimava 13 trabalhadores sumidos na área da Mina do Germano, onde estourou a barragem de rejeitos e uma represa de água. O sindicato dos trabalhadores (Metabase) em Mariana falava em 15 operários e entre 10 e 15 moradores de Bento Rodrigues cujo destino ainda era desconhecido. Apenas uma morte está oficialmente confirmada. Um segundo óbito chegou a ser contabilizado, mas não foi estabelecida ligação com o desastre. Cerca de 500 pessoas foram resgatadas ao longo do dia e autoridades trabalhavam no cruzamento de informações para chegar ao real número de vítimas procuradas.


A Samarco admitiu que não houve alerta sonoro para alertar moradores que estavam no caminho da onda de lama, trabalho que foi feito por ligações telefônicas. O Ministério Público de Minas Gerais condenou a situação e informou que o alarme é obrigatório. O MP critica também a política de licenciamento de empreendimentos do tipo mantida pelo governo do estado, sustentando que faltam critérios técnicos, a fiscalização é omissa e nem as estruturas devidamente licenciadas têm segurança garantida. A Coordenação das Promotorias de Meio Ambiente instaurou investigação para apurar a tragédia, com prazo de 30 dias para conclusão. Não está descartado pedido de revogação de licença da mineradora ao fim do processo, que mobiliza 12 promotores.






ABALOS
Fazem parte da investigação do MP tremores de terra que foram confirmados por sismógrafos de Brasília e São Paulo nas proximidades da estrutura que entrou em colapso. O desafio agora é definir qual pode ser a relação dos abalos com a tragédia. Está em apuração também uma suposta explosão de uma mina da Mineradora Vale, do mesmo grupo da Samarco, que ocorreu em horário próximo ao do rompimento do reservatório de rejeitos. Porém, promotores são claros ao sustentar que a estrutura que se rompeu deveria ter capacidade para absorver ambos os fenômenos.
http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2015/11/07/interna_gerais,705407/onda-de-lama-avanca-e-multiplica-estrago.shtml

Leia Mais ››

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

#ForçaMariana: campanha na internet pede ajuda e doações para as vítimas; colabore






O Estado de Minas e o Portal Uai reforçam a campanha na internet para ajuda às vítimas da tragédia em Bento Rodrigues, subdistrito de Santa Rita Durão, distrito de Mariana, na Região Central de Minas Gerais. Inicialmente, o ponto de apoio dos desabrigados é o ginásio da Arena Mariana. O local está recebendo doações de colchões, fraldas, água mineral e produtos de higiene. Os desabrigados também devem ser alojados no local, provisoriamente. Hotéis e pousadas locais também se organizam para oferecer abrigo a quem teve a casa invadida por lama tóxica. Com as hashtags #ForçaMariana e #ForçaBentoRodrigues, a campanha teve mais de 300 compartilhamentos em apenas meia hora no ar nas páginas do EM e do Uai no Facebook. Comparilhe:



Leia Mais ››

Veja como ajudar as vítimas da tragédia em Mariana

Veja como ajudar as vítimas da tragédia em Mariana: https://t.co/oagEvpa6ys



Veja como ajudar as vítimas da tragédia em Mariana/MG
Pelas redes sociais, internautas brasileiros, principalmente os mineiros, estão se mobilizando para ajudar os atingidos pela tragédia no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, região Central de Minas.
Estudantes da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), por exemplo, irão montar postos no Instituto de Ciências Humanas e Sociais para receber donativos. As doações poderão ser entregues a partir desta sexta-feira (6).

Além disso, diversos eventos estão sendo criados no Facebook para articular as doações. Por enquanto, alimentos, roupas e materiais de higiene pessoal estão sendo levados para o Ginásio da Arena Mariana, na rua do Catete, 166, centro do município.
A partir de sexta-feira, a expectativa é de que novos postos de arrecadação sejam montados por diversas cidade do Estado.
Nesta quinta-feira (5), uma barragem de rejeitos da Samarco Mineradora rompeu. Toneladas de lama atingiram o distrito, que teve que ser evacuado. Várias pessoas estão desaparecidas e ao menos duas pessoas morreram. Contudo, o número de vítimas ainda é incerto.

Entenda mais sobre a tragédia: http://jornalonlinedopovo.blogspot.com.br/2015/11/barragem-de-mineradora-rompe-em-mariana.html

Redação: Jornal Online do Povo
Leia Mais ››

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Barragem de mineradora rompe em Mariana, deixa distrito ilhado e possíveis vítimas



Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação


Uma barragem de rejeitos da mineradora Samarco em Bento Rodrigues, distrito de Mariana, na Região Central de Minas, rompeu por volta das 16h desta quinta-feira. Nenhuma autoridade confirmou, até o momento, informações sobre feridos, desaparecidos ou possíveis mortos.

Segundo o Sindicato Metabase local, dos feridos que foram encaminhados para o Hospital Monsenhor Horta, um morreu. Ele seria um fiscal e, ao ver a tragédia, teria tido um ataque cardíaco. Moradores da região e líderes sindicais informaram que de 10 a 18 pessoas estão desaparecidas e o número de feridos pode passar de 30. Três viaturas do Corpo de Bombeiros, com helicóptero e cães, estão no local.
De acordo com a Samarco, teriam cerca de 30 pessoas desaparecidas nesse momento. Está sendo feita uma chamada de funcionários para confirmar o número exato de trabalhadores que estavam no local no momento da tragédia.

Registrou foto ou vídeo do rompimento da barragem? Envie para o WhatsApp da Itatiaia: 9996-7074

Imagens de helicópteros mostram um cenário de tragédia em Bento Rodrigues. Casas tomadas pelos rejeitos e carros que foram arrastados chegaram a ficar presos em telhados. Segundo moradores, o alagamento prejudicou a estrutura de vários imóveis.

A Samarco não descarta a possibilidade de colocar em prática um plano de evacuação do distrito. A informação foi confirmada pelo secretário de Governo de Ouro Preto – cidade próxima –, Flávio Márcio Alves de Andrade. “A prefeitura de Ouro Preto já mandou para lá todas as ambulâncias, a equipe de Defesa Civil e a gente colocou o sistema de saúde à disposição”, disse.


Local da tragédia:

O distrito de Bento Rodrigues fica a cerca de 130 km de Belo Horizonte



À direita, a barragem "Fundão", que rompeu e alagou o distrito de Bento Rodrigues



A secretária da Prefeitura de Mariana, Mariângela Pereira, declarou que não há informações precisas sobre o que aconteceu e nem sobre a dimensão do acidente. Segundo ela, foram solicitados ônibus para atender as vítimas e a Defesa Civil do Estado já foi comunicada sobre o ocorrido e segue para o local. “A prefeitura está aguardando as informações e agindo para saber as necessidades e acolher as pessoas”, afirmou.

O Núcleo de Combate aos Crimes Ambientais do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) já está a caminho do local para vistoriar a área do acidente. Para o coordenador da Promotoria do Meio Ambiente, Carlos Eduardo Ferreira Brito, a prioridade é conter o avanço da lama na tentativa de reduzir os danos. “O importante é tomar as medidas o mais rápido possível, de forma que a gente tenha uma minimização desse impacto.”

Em Mariana, uma grande estrutura foi montada na arena esportiva para receber feridos e pessoas que tenham sido atingidas pelo rompimento. De acordo com a prefeitura, moradores de Bento Rodrigues foram para a cidade de Santa Rita Durão em busca de abrigo.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Samarco afirmou que “as autoridades foram devidamente informadas” sobre o rompimento da barragem “e as equipes responsáveis já estão no local prestando assistência”.


http://www.itatiaia.com.br/noticia/barragem-da-mineradora-samarco-rompe-na-regiao-central-de-minas

COMENTÁRIOS


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).
Leia Mais ››

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Empresa gospel vai lançar filme pornô evangélico!


Filme gospel pornô


Vem aí mais uma grande novidade gospel e que por certo fará alegria de muitos cristãos.
O movimento pornô gospel!

Neste mercado onde os cristãos começaram a introduzir literalmente falando os filmes eróticos serão produzidos para “educação” do povo de “Deus”, que ao longo de mais de 2.000 anos por incrível que pareça ainda não aprenderam a transar.

De acordo com os organizadores da indústria cinematográfica “pornô cristãs”, os filmes produzidos serão fundamentados no “maior respeito”. Para tanto eles estabelecerem regras como:

“Retratar só casais matrimonialmente ligados em atos sexuais”

Isso significa que quaisquer parceiro sexuais, em uma produção pornô cristã deve ser marido e mulher, dentro e fora da tela.

Todos os agentes devem ser casados na vida real e retratarem a vida real. E eles só devem ter relações sexuais com seus próprios conjugues.


“Retratar o sexo dentro de contexto é um casamento cristão”

Deve se aparentar através de ações, comportamentos e fala dos personagens retratados que são cristão e que leva a um estilo de vida cristã, e tem um casamento no qual sua fé é o ponto principal.

Isto pode ser ilustrado em uma variedades de forma, com cenas mostrando por exemplo, um jovem orando em conjunto e estudando a bíblia e frequentando a igreja ou realizando funções na igreja e outras cenas relativas de um casal cristão fazendo sexo fora do seu quarto.


“Sem obscenidades”

Embora exclamações de prazer seja aceitáveis, como são os sons naturais nas expressões no ato sexual, o cristianismo pornô não deve conter obscenidade ou juramentos.

Os participantes deverão abordar uns aos outros com amor e respeito em todas ocasiões.


“Não deve haver sexo extraconjugal”

A não ser que seja para ilustrar as quedas de adultérios. Os casais, em uma produção pornô cristã nunca relações adúlteras, a manos que seja para demonstrar que eles e seus parceiros sofrem e são punidos pelos seus pecados.


E você o que acha dessa novidade que se diz “gospel”? deixe sua opinião nos comentários.

http://www.omundogospel.com/noticias/empresa-gospel-vai-lancar-filme-porno-evangelico/

Leia Mais ››

SES-MG lança campanha de sensibilização para a saúde do homem


Com o tema "Saúde é Atitude", ações incentivam a prática de hábitos saudáveis e incluem site específico para orientações

Durante todo o mês de novembro a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) promove a Campanha de Promoção à Saúde do Homem. Com o tema “Saúde é Atitude”, tem o objetivo de sensibilizar a população para a importância do cuidado integral com a saúde masculina, incluindo a prevenção do câncer de próstata, câncer de testículo e de pênis. Além disso, a campanha também promoverá ações de mobilização para a segurança no trânsito.
Segundo a superintendente de Atenção Primária à Saúde da SES-MG, Maria Aparecida Turci, é preciso incentivar os homens a darem atenção à própria saúde, adotando hábitos de vida mais saudáveis.
“Em geral, homens apresentam maior exposição às situações de risco para a saúde, como consumo de álcool, cigarro e má alimentação. Por isso, o objetivo da campanha é trabalhar as boas práticas de saúde de uma forma completa, incentivando a atividade física e controle do peso”, explica.




A Campanha de Promoção à Saúde do Homem, assim como foi no Outubro Rosa, tem como foco o cuidado integral com a saúde, incluindo o incentivo de hábitos de vida mais saudáveis. Para isso, serão realizadas diversas ações para sensibilizar a população masculina a cuidar da saúde como um todo, incluindo a prática regular de atividade física, a realização de consultas médicas e exames periódicos e uma alimentação balanceada.
Para mobilizar a população, a campanha contará também com a iluminação especial de prédios e monumentos públicos, distribuição de panfletos informativos e lacinhos azuis, publicidade em rádio e metrô, parcerias com instituições públicas e privadas, entre outras ações de divulgação em Belo Horizonte e no interior do estado.
Com a hashtag #HomemQueSeCuida, a campanha também será feita nas redes sociais da SES-MG, incluindo a criação do site www.saude.mg.gov.br/saudedohomem com informações sobre a campanha.
De acordo com Maria Turci, os homens em geral vivem em média sete anos a menos do que as mulheres e, por acharem que nunca vão adoecer, acabam não cuidando da saúde.
“Homens apresentam maior risco para doenças cardiovasculares, respiratórias, digestivas, cânceres, colesterol elevado, diabetes, pressão alta e tendência à obesidade. Por isso, manter hábitos de vida saudáveis, além de procurar os serviços de saúde frequentemente é fundamental”, afirma.
Fatores de atenção
O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos.
Em sua fase inicial, o câncer de próstata tem evolução silenciosa e pode não apresentar sintomas. No entanto, é importante ficar atento para sinais como urinar com frequência e pouco de cada vez, dificuldade, dor ou ardor ao urinar e presença de sangue ou sêmen na urina.
Já o câncer de pênis é considerado um tumor raro, com maior incidência em homens a partir dos 50 anos, embora possa atingir também os mais jovens. Esse tipo de câncer está relacionado à má higiene e a homens que não se submeteram à circuncisão (remoção da pele que reveste a glande).
O câncer de testículo, apesar de raro, tem maior incidência em homens entre 15 e 50 anos. Se detectado no início, é facilmente curado e com baixo índice de mortalidade.
Em geral, os homens também se envolvem mais em acidentes de trânsito e situações de violência. A violência tem um impacto importante sobre a saúde dos homens em todo o mundo. Em Minas Gerais, em 2013, 89% de homens entre 15 e 39 anos morreram devido a causas externas como acidentes de trânsito e agressões.
http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticia/ses-mg-lanca-campanha-de-sensibilizacao-para-a-saude-do-homem
Leia Mais ››

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Universidade desenvolve aplicativo que rastreia racismo na internet

Um aplicativo vai monitorar postagens de ódio, racismo e intolerância nas redes sociais. Criado pelo Laboratório de Estudos em Imagem e Cibercultura da Universidade Federal do Espírito Santo, o monitor será lançado este mês, a pedido do Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos. Neste domingo (1º), a atriz Taís Araújo revelou ter sido vítima de racismo na internet. O mesmo aconteceu com o meia Michel Bastos, jogador do São Paulo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


  e  Jornal Hoje em Dia

Leia Mais ››

Vídeo: Lula confessa que enganou o povo; assista!

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva confessou nesta quinta-feira (29) o que todo brasileiro já sabia, que parte da atual crise política é devido a “mudança de discurso” do governo da presidente Dilma Rousseff em relação às promessas feitas na campanha eleitoral do ano passado. Na avaliação de Lula, a presidente está fazendo exatamente o que afirmou que não faria enquanto tentava conquistar mais um mandato. A confissão foi feita durante a reunião do diretório nacional do PT.
“Nós tivemos um problema político sério, porque ganhamos as eleições com um discurso e, depois das eleições, nós tivemos que mudar o nosso discurso e fazer aquilo que a gente dizia que não ia fazer. Isso é fato conhecido de 204 milhões de habitantes, fato conhecido da nossa querida presidenta Dilma”, ressaltou Lula aos dirigentes do PT.
Assista a vídeo abaixo e deixe o seu comentário.
Fonte: G1 e Youtube 




http://www.verdadegospel.com/video-lula-confessa-que-enganou-o-povo-assista/?area=1
Leia Mais ››

Deputado quer que MP obrigue governos a dar a 'pílula do câncer'

O deputado estadual Rafael Silva (PDT) entra nesta terça-feira (3), com representação na Procuradoria Geral de Justiça do Estado na tentativa de obrigar o Governo paulista a fornecer a fosfoetanolamina sinténtica a pacientes com câncer sem a necessidade de medida judicial. O pedido se baseia em lei federal que isenta de registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) medicamentos novos, destinados a uso experimental, sob controle médico.

Cápsulas da substância são produzidas pelo Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP), em São Carlos, mas os pacientes precisam de liminar judicial para ter acesso ao produto, que não tem registro na Anvisa.

Representação com o mesmo teor será protocolada também na Procuradoria Regional da República da 3.ª Região, em São Paulo, tendo como foco o governo federal. De acordo com o parlamentar, a Lei 10.742 de 2003 dispõe que "estão isentos de registro os medicamentos novos, destinados exclusivamente a uso experimental, sob controle médico, podendo, inclusive, ser importados mediante expressa autorização do Ministério da Saúde".

O líder do PDT na Assembleia paulista também dará entrada a projeto de lei dispondo sobre a distribuição gratuita da fosfoetanolamina sintética pelo governo estadual aos pacientes com câncer.

Silva, que também já propôs a abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar se houve omissão de autoridades no caso da fosfoetanolamina, espera que o Estado seja compelido a criar, de forma imediata, uma estrutura para a produção das cápsulas em grande escala.

Segundo ele, a Fundação para o Remédio Popular (Furp) mantém, em convênio com a Concessionária Paulista de Medicamentos, no município paulista de Américo Brasiliense, a 100 km de São Carlos, uma estrutura pronta para produção de remédios que abastecem o sistema público de saúde.

Ainda segundo o deputado, o escritório compartilhado das Nações Unidas em São Paulo receberá um pedido de intervenção do órgão no caso das cápsulas do câncer.
"A possível descoberta de uma substância que pode curar o câncer trará benefício para a população mundial", disse.

Em Brasília, o parlamentar paulista pretende acionar a Organização Pan-Americana da Saúde e a Organização Mundial da Saúde (OMS) - escritório regional para as Américas. "Já que as autoridades brasileiras não deram a devida atenção a esse assunto de extrema importância para a população de todo o mundo, vou acionar organismos internacionais que defendem os direitos humanos e da saúde", afirmou.

O composto foi desenvolvido há mais de vinte anos por pesquisadores da USP e passou a ser usado experimentalmente em pacientes com câncer. A procura pelas cápsulas se intensificou após relatos de pacientes que, supostamente, obtiveram cura com o uso da substância, terem ido parar nas redes sociais.

A Anvisa informou que a fosfoetanolamina não passou por testes clínicos que comprovem a eficácia, não sendo considerado medicamento. Como revelou o jornal O Estado de S. Paulo, o Ministério da Saúde vai criar um grupo de trabalho para estudar a fosfoetanolamina. Para que as pesquisas sejam feitas, é preciso o aval do grupo da USP que desenvolveu a substância.


Jornal Hoje em Dia
Leia Mais ››

Capítulo especial de 'Os Dez Mandamentos' supera Globo em BH, SP e Rio

Com boa audiência, "os Dez Mandamentos" é prolongado pela Record

O capítulo especial de “Os Dez Mandamentos”, exibido na noite desta segunda-feira (2), superou a Globo pela primeira vez nos três principais centros de referência em audiência do país, dentre eles, Belo Horizonte.

Entre 20h35 e 21h42, “Os Dez Mandamentos” venceu em São Paulo (23,1 a 22), no Rio de Janeiro (24,1 a 22,9). Na capital mineira, a novela alcançou uma audiência de 22,1 pontos, contra 19,2 da emissora dos Marinhos.

O recorde da novela bíblica foi alcançado na segunda-feira (26) quando registrou média de 23,6 em São Paulo e 26 no Rio.

O capítulo, que trouxe a chegada da décima praga ao Egito, continua nesta terça-feira (4), com a morte dos primogênitos do Egito.

http://www.hojeemdia.com.br/almanaque/capitulo-especial-de-os-dez-mandamentos-supera-globo-em-bh-sp-e-rio-1.357065

Leia Mais ››

Primeiras garis que trabalham em caminhão de limpeza fazem sucesso em BH

As três garis fazem sucesso na profissão (Pedro Antônio de Oliveira)

As primeiras mulheres coletoras de resíduos de varrição a trabalhar em um caminhão de limpeza urbana em Belo Horizonte fazem sucesso na Região Centro-Sul da capital. Karen Cristina dos Santos Ribeiro, de 18 anos, Viviane Patrícia da Cruz de Souza e Sinália Pedroso Ramos, ambas com 33 anos chamam a atenção. Populares tiram fotos, acenam e mandam mensagens de apoio. 

Sem descuidar das tarefas e nem perder o equilíbrio, as três garis sempre encontram um jeito de retribuir com sorrisos ou acenos o carinho dos incentivadores. As funcionárias integram o quadro de empregados da KTM Engenharia, prestadora de serviços da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU).

Viviane é casada e mãe dois meninos – um de 4 e outro de 8 anos –, além de uma garota de 14. Há mais de dois anos na varrição, ela procurava uma ocupação diferente. Descobriu que havia vaga para o caminhão e logo se animou. “No início, a gente pensa que não é capaz, mas se um saco de lixo está muito pesado, juntas nós o carregamos”, conta. O principal desafio foi enfrentar a primeira chuva. “Não nos abalamos, deixamos a postos nosso estojo de maquiagem para continuarmos belas, pois nada irá apagar nosso brilho feminino, nem a chuva nem o sol”, garante.

Mãe de uma menina de 13 anos, um menino de 12 e outro de 10, a ex-cuidadora de idosos Sinália admite que o primeiro dia foi desafiador, pois suas mãos doeram um pouco. Ela se diverte ao citar a opinião do sogro, para quem “trabalhar em um caminhão da SLU não é coisa para mulher”. 

Karen é a caçula das três. Antes de ingressar na limpeza urbana, a jovem foi atendente de telemarketing, auxiliar de caixa em um shopping e demonstradora de café italiano. “Hoje me sinto uma artista”, diz. Outro lado descontraído do serviço são as piadinhas que ouve com frequência, como “quero uma vaga nessa empresa”, “me jogue no lixo” e “agora até eu corro atrás de caminhão”, entre muitas outras.

José Ataíde de Souza, de 47 anos, é o condutor do veículo que recolhe os resíduos de varrição. Motorista de caminhão há 26 anos, ele foi escolhido para trabalhar com as coletoras em virtude de seu perfil calmo e cauteloso.

http://www.itatiaia.com.br/noticia/primeiras-garis-que-trabalham-em-caminhao-de-limpeza-fazer-sucesso-em-bh
Leia Mais ››

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Calixto Prefeito da Cidade de Santa Luzia concede entrevista a imprensa local e fala de saúde, educação, obras, promessas e eleição




Em entrevista concedida a um canal de notícias da cidade, o prefeito de santa luzia, Carlos Calixto deu pistas de como será o novo Hospital de santa luzia: "Moderno e com UTI, coisas que o HSJD não tem". Segundo o prefeito o Novo Hospital, que de novo não tem nada, pois vai usar os prédios do Antigo PA sede e Viva vida, reutilizados durante a gestãoGgilberto, e equipá-lo com os equipamentos que estão estacionados no PA e nos prédios citados. Na verdade, Calixto vai "tentar fazer" o que está prometendo há dois anos, utilizar os equipamentos comprados pelos estado que deveriam estar em funcionamento no PA São benedito e não foram utilizados até hoje.
Com a medida, o gestor pretende encerrar a novela Hospital São João de Deus e deixar que a situação do Hospital se resolva na justiça, uma vez que até o momento não houve acordo com a prefeitura e o caso está em disputa entre a irmandade e o Estado que se recusa a pagar e custear a reabertura da unidade nos moldes apresentados pela diretoria do Hospital: Assinatura de um contrato de pelo menos 5 anos e pagamento das dívidas que se acumulam.
Calixto afirmou que a nova/velha unidade estará em funcionamento em até 30 dias (o que eu duvido). O prefeito não explicou à reportagem de onde saírão os recursos para custear o novo hospital, já que o estado negocia com o HSJD a manutenção do serviço na cidade.


Promessa de Campanha



A Abertura de um Hospital na cidade ou uma Unidade de saúde com UTI é uma promessa de campanha que calixto havia anunciado já em seu primeiro comício no Bairro palmital em 2012. Na época o prefeito havia dito que a cidade precisava de um atendimento humanizado e que um Hospital com UTI era uma obrigação e seria uma meta em seu mandato. O prefeito disse em entrevista à imprensa da capital que tentou negociar a reabertura do HSJD com a irmandade, mas desistiu depois de perceber que o benefício custaria caro demais para a cidade e o retorno não seria satisfatório para compensar o investimento.



Calixto também havia prometido durante a campanha que traria uma universidade ou uma grande instituição de ensino para a cidade e santa luzia é sede da IFMG. O Instituto quase não veio para a cidade devido ao desinteresse do ex prefeito Gilberto. Na época a diretoria do IFMG fez contato com o Vitrine buscando uma intervenção e os orientamos que esperassem a posse do novo prefeito para fazer uma negociação com ele para cessão do terreno. Entramos em contato também com a assessoria do prefeito (que na época era candidato) repassando contatos do IFMG para que a transação fosse possível.



SAMU



Calixto também falou durante a entrevista que o SAMU deve voltar à cidade assim que o Novo/velho hospital estiver funcionando. Segundo o prefeito o impedimento do serviço deve-se à burocratização frente ao estado para que o SAMU circule, por este motivo há viaturas estragando no pátio da prefeitura. Calixto afirma que no início do mandato o serviço foi cortado porque a cidade não comportava um hospital que pudesse atender a população, uma unidade de saúde que o serviço pudesse levar o paciente sem o risco de óbito por falta de atendimento de qualidade. Por este motivo todos os pacientes eram transportados para belo horizonte. Com o corte de verbas por parte do governo federal o serviço ficou ainda mais difícil pois a prefeitura de BH havia emitido comunicado informando que não atenderia mais pacientes da RMBH e do estado devido ao corte de recursos. Desta forma o SAMU ficou limitado a BH e o serviço tem sido feito por uma viatura que cobre toda a RMBH e pelo Corpo de Bombeiros, que atendem diversas cidades do estado. O prefeito afirmou que o serviço volta em 30 dias, assim que for concluído no novo hospital e a unidade estiver funcionando.


Escolas

O prefeito de Santa Luzia, Carlos Calixto falou das péssimas condições encontradas no início da sua gestão das escolas da cidade. "Encontramos apenas uma escola em condições de atender os alunos e todas as outras completamente destruídas". Depois de um programa emergencial, hoje conseguiram reformar quase todas as escolas da cidade. Calixto ainda afirmou que estão em construção mais três novas escolas na cidade. Os salários estão em dia, porém profissionais da educação reclamam da falta de valorização dos profissionais. 

O prefeito ainda afirmou que colocou a saúde e a educação da cidade no século 21, assim como havia prometido durante campanha. O prefeito disse ainda que irá criar a escola digital com internet de altíssima qualidade que operará por fibra ótica, cabeamento que já existe na cidade. As aulas digitais devem ser ministradas via vídeo e devem ser gravadas por uma equipe dentro de um estúdio próprio e se o aluno não entendeu a aula pode levar o conteúdo para casa e revisar. Segundo o prefeito a prefeitura está terminando o cabeamento de 270 km de fibra ótica na cidade de santa luzia e segundo ele mais moderna e melhor do que a utilizada em Belo horizonte. Calixto afirmou que o serviço deve interligar todas as escolas e prédios públicos e a previsão é de que esteja em operação dentro de 60 dias. 

A prefeitura deve abrir uma licitação e buscar uma empresa privada para exploração do serviço na cidade. esta empresa provavelmente deva utilizar o sistema criado pela prefeitura e nos moldes da mesma para distribuir o serviço em santa luzia. Entrei em contato com algumas das empresas que exploram o serviço e a maioria vê a iniciativa com desconfiança. Acreditam que com a concorrência da prefeitura o serviço deva ficar mais caro e que não seja viável para a empresa licitada vencedora oferecer o serviço por um preço justo que possa bater de frente com a concorrência via satélite (via modem) como hoje é operado na cidade. 


Facebook

Em entrevista o prefeito afirmou que seu perfil criado há poucos dias e é um perfil verdadeiro do prefeito, que tem por objetivo interagir com os cidadãos da cidade de santa luzia. Segundo Calixto ele não irá responder aos questionamentos, mas deve ler todos os comentários dos munícipes. O prefeito não irá utilizar de assessores para responder em seu nome, ele opera o perfil. "Eu não deixo ninguém falar em meu nome, seja notícia boa ou ruim". 

Obras e Funcionalismo

Avenida Pedro I tornou o bairro Londrina e baronesa uma via de acesso à MG 20, assim como o bairro Liberdade. Avenida Raul Teixeira, uma das mais antigas vias da cidade, recebeu recapeamento e uma avenida sanitária. calixto afirmou que fez o que os gestores esperam 50 anos para fazer, dar continuidade à avenida depois do rio das velhas. Segundo o prefeito, a obra do viaduto visa interligar bairros e proporcionar a continuação da via. Obra que já deveria ter sido feita há décadas. Outra obra foi a ligação da avenida brasília, cemitério e do Morro alto que vai sair na linha verde. Com a obra, o morador do Setor 7 no palmital vai cortar um grande caminho para ir até santa luzia. O prefeito afirma que mais de 100 km de via já foram pavimentadas e outras recapeadas só na sua gestão. 

13º Salário

Calixto garantiu o 13º do Funcionalismo da cidade, portanto os funcionários da prefeitura tem garantido o salário extra para finalmente aquecer o comércio local no fim do ano. Segundo o prefeito o recurso é possível graças a retirada de 1/12 de arrecadação para depósito em fundo específico. Calixto afirmou ainda que pagará as férias ADIANTADA dos professores, tudo em dezembro. O funcionalismo deve receber pagamento no Dia 1º de dezembro o de novembro, no dia 10 de dezembro será pago o 13º salário (integral) e no dia 20 de dezembro vão receber o pagamento do mês de dezembro (antecipado). 

POLÍTICA

O prefeito afirmou que não tem oposição na cidade. "Eu não tenho oposição, eu tenho inimigos de outros partidos. Isto é terrível! sabe, é as pessoas misturarem as coisas". Calixto reafirmou o que havia declarado em entrevista no início do mandato no Vitrine, "Eu separo bem as coisas: Amizade, negócio e política". Segundo o prefeito, ficam falando mau dele durante quatro anos ininterruptamente e não colaboram em nada com este debate para o crescimento da cidade. "quando perdi a eleição ninguém me viu falar mal deste ou daquele candidato, eu sumi, fui cuidar da minha Empresa". 

CULTURA

Teatro da cidade servirá como uma escola multi cultural, onde haverá aulas de dança, teatro, música e apresentações para a população destes alunos em eventos esporádicos. 

Segundo o prefeito o fim do carnaval na cidade se deu devido a queixa de moradores da região embalados por denúncias políticas com interesses escusos.  

Todas as informações foram extraídas de vídeos da Ketal Tv. A entrevista está dividida em vários vídeos que podem ser vistos em sua íntegra no canal da TV no youtube (aqui)

Fonte: Vitrine Santa Luzia
Leia Mais ››