sexta-feira, 3 de julho de 2015

De onde vêm as boas ideias?


De onde vêm as boas ideias?


Muitas empresas que estão nascendo ou que enfrentam uma estagnação precisam de boas ideias para conquistarem seu espaço no mercado, adquirirem visibilidade, posicionarem-se de maneira adequada e serem lucrativas. Inclusive as empresas que têm crescido também têm as mesmas necessidades.
Onde buscar novas e boas ideias?

Empresas que querem crescer não ficam esperando soluções caírem dos céus. Elas entendem o cenário e vão em busca de novas oportunidades, não se acomodam e são criativas.

Para não ficarem perdidas, buscam informações, participam de eventos, treinamentos, networks, geram conteúdo, investem em suas marcas, preocupam-se com o seu impacto social, respeitam suas relações, são notadas e queridas.

Projeto Apacaru é um bom exemplo disso. O seu idealizador participou de uma atividade da última edição da Semana Global do Empreendedor, em Sete Lagoas, MG, ao visitar uma instituição que abriga condenados em uma metodologia denominada APAC (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado) e daí veio a ideia.

Já que a APAC trabalha de maneira humanizada os presos (recuperandos, como são chamados), dando-lhes dignidade no cumprimento da pena e buscando inseri-los no contexto da sociedade, veio a “luz”: criar uma marcenaria industrial de direito privado pautada nos princípios da permacultura.


A ideia foi unir o AMARU, sistema construtivo inovador de madeira roliça desenvolvido pela PLANTAR Reflorestamentos, a uma iniciativa de reinserção e ressocialização de condenados em Minas Gerais, coordenada pela APAC.

trabalho na madeira

Trabalho na madeira 

produto final da APACARU
Produto final da APACARU

* O Grupo Minas Marca não se responsabiliza pelos conceitos, ideias e opiniões emitidos nos blogs assinados. 

Minas Marcas

Nenhum comentário:

Postar um comentário