terça-feira, 7 de julho de 2015

Ambev anuncia compra da cervejaria Colorado, de Ribeirão Preto, SP

Companhia de Bebidas das Américas confirmou compra nesta terça-feira.

Fábrica de cerveja artesanal tem faturamento anual de R$ 18 milhões.


Cervejaria Colorado foi criada em 1996 em Ribeirão Preto, SP (Foto: Taiga Cazarine/G1)Cervejaria Colorado foi criada em 1996 em Ribeirão Preto, SP (Foto: Taiga Cazarine/G1)
A Companhia de Bebidas das Américas (Ambev) confirmou na manhã desta terça-feira (7) a compra da cervejaria artesanal Colorado, de Ribeirão Preto (SP).


A informação sobre o investimento da companhia na fábrica do interior de São Paulo foi confirmada pela assessoria de imprensa da Ambev, mas o valor do negócio não foi informado. O faturamento anual da Colorado é de R$ 18 milhões e a produção atual da empresa é de 120 mil litros.

Em nota enviada ao G1, a Ambev informou que com a compra a Colorado passou a fazer parte da Cervejaria Bohemia. Ainda segundo o comunicado, o fundador da cervejaria ribeirão-pretana, Marcelo Carneiro continuará à frente da empresa, dedicando-se principalmente à criação de novos produtos.


Carneiro não foi encontrado pela reportagem para comentar a compra da microcervejaria que fundou há 20 anos.



Segundo a Ambev, os funcionários da Colorado continuarão compondo o quadro da empresa e desenvolvendo as marcas da cervejaria, conhecida pelos rótulos premiados como Apia, Demoisele e Cauim, feita com mel.

“O compromisso das duas cervejarias de oferecer produtos de altíssima qualidade não muda e a união resultará em muita inovação para o consumidor, sempre valorizando a diversidade de ingredientes nacionais e a cultura brasileira, que fazem parte do DNA da Colorado”, afirmou a companhia no comunicado.
Lúpulo e malte, dois dos principais ingredientes da cerveja (Foto: Taiga Cazarine/G1)
Lúpulo e malte, dois dos principais ingredientes
da cerveja (Foto: Taiga Cazarine/G1)
Para a Ambev, o negócio vai facilitar a distribuição da marca artesanal por todo o Brasil e ajudará a criar a “quinta escola cervejeira mundial”, a brasileira, ao lado de produções belgas, alemãs, inglesas e americanas.
Sabores brasileiros
Desde a fundação, em 1996, a Cervejaria Colorado mistura os mais legítimos sabores brasileiros. O malte e o lúpulo rigorosamente selecionados são combinados com ingredientes especiais, como café, rapadura, mandioca, mel e castanha do Pará, formando sabores inusitados e legitimamente brasileiros.

Em entrevista recente ao G1, o dono da cervejaria, Marcelo Carneiro, explicou  que a ideia de usar insumos típicos brasileiros na cerveja foi inspirada pelas grandes escolas cervejeiras. “Os belgas utilizavam açúcar para elevar o teor alcoólico de suas cervejas, porque era o que tinha nas colônias deles. Já os ingleses possuíam um bom malte e fizeram suas cervejas mais maltadas", disse. 
Por isso, comecei a olhar em volta. Aqui há cana-de-açúcar até onde o olhar alcança. Laranja tudo em volta. Pensei no mel de laranjeira, o café aqui perto. Então passei a utilizar ingredientes do país em cada cerveja e tentar iniciar uma coisa nova que é a escola brasileira de fazer cerveja”, conta. 
http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2015/07/ambev-anuncia-compra-da-cervejaria-colorado-de-ribeirao-preto-sp.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário